06 e 07 MAIO ESTRADA REAL CAMINHO DOS DIAMANTES TERCEIRA ETAPA

Posted by Joao Aquino - 25 de abril de 2017 - CICLOVIAGENS - No Comments

06  e  07  MAIO  ESTRADA REAL CAMINHO DOS DIAMANTES TERCEIRA ETAPA

PERCURSO:

CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO

MORRO DO PILAR

ITAMBÉ DO MATO DENTRO

SENHORA DO CARMO

IPOEMA

PARTICIPANTES:

1. ADRIANO

2. CARLOS

3. JOÃO

4. SIMONE

5. TATA

6. LUCAS

7. SERGIO

8. TULIO

9. LAURA

10. STEPHAN

11. FERNANDA

12. CRISTIANO

13. ELZA

15. MAURICIO (PAI)

16. PEDRO

17. NAYARA

 

AS FOTOS ESTÃO DISPONÍVEIS EM NOSSA PAGINA DO FACEBOOK

https://www.facebook.com/MinasRidersMTBBH/

 

 

 

 

 

CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO A MORRO DO PILAR  27,5 KM

Caracterizado principalmente por suas descidas íngremes, o trecho oferece ao turista algumas partes em mata fechada, o que ajuda na hora do cansaço ou pausa para lanche, trata-se de um caminho de grande extensão.   A paisagem é realmente muito bonita, principalmente após o marco 355, onde é possível avistar a Serra do Espinhaço e algumas outras serras ao fundo, formando um verdadeiro mar de montanhas, além de alguns pontos de mata preservada.   Depois de percorrer os 27,4 km, o turista chega à cidade de Morro do Pilar, conhecida como a primeira cidade da América do Sul a abrigar um alto-forno, em 1814. A localidade tem como ponto forte os atrativos naturais, principalmente as inúmeras quedas d’ água, afastadas do centro da cidade, que merecem uma visita.

MORRO DO PILAR A ITAMBÉ DO MATO DENTRO 35 KM

As longas subidas são as companheiras do praticante neste trecho da Estrada Real, principalmente entre os marcos 368 a 379, sendo intercaladas por alguns trechos em descidas e pouca sombra.   Nos primeiros Km a estrada segue margeando o rio do Peixe, formando um belo cenário, principalmente por sua cor característica, o preto. Já no marco 377 o turista se depara com uma fascinante vista do Travessão, localizado no Parque Nacional da Serra do Cipó, caracterizado como um importante divisor natural das bacias dos Rios São Francisco e Doce. Um pouco mais a frente encontra-se o trecho conhecido como Duas Pedras, também de beleza singular.   Na chegada em Itambé do Mato Dentro o trecho fica mais plano e pode ser apreciado com belas paisagens. Em tupi, Itambé do Mato Dentro quer dizer pedra afiada, tipo de rocha muito presente na região, marcando a cidade, datada do final do século XVIII, como importante centro da época aurífera mineira.

 

ITAMBÉ DO MATO DENTRO A IPOEMA   31 KM

O trecho oscila com subidas curtas e partes planas. Os primeiros 14 Km são percorridos no asfalto.   O Percurso entre Itambé do Mato Dentro e Ipoema possui um forte diferencial, nele é possível avistar, respectivamente, as serras do Lobo, dos Linhares e dos Alves, que no km 12,7 se apresentam imponentes uma ao lado da outra.   O trecho é longo até a cidade de Ipoema, mas a presença do povoado de Senhora do Carmo garante ao viajante tranqüilidade. O lugarejo, que surgiu no século XVIII, tem como um dos seus principais atrativos a vila de Serra dos Alves com suas bonitas cachoeiras de águas transparentes, sendo que uma delas, a cachoeira da Boa Vista, corta à estrada, revelando uma vista de fazer inveja às demais, garantindo um dia de visita com grandes emoções.   O percurso chega ao fim no distrito de Ipoema, que tem a sua história ligada ao tropeirismo, o distrito servia como passagem de carregamentos e suprimentos que abasteciam a região. Alguns dos principais atrativos encontrados neste bucólico lugar são o Museu dos Tropeiros, o povoado do Macuco e as cachoeiras da região, com destaque para a Cachoeira Alta, com 110 metros de queda. Ipoema oferece infra-estrutura turística.   Atenção!! Este trecho está sendo asfaltado, por isso atenção ao transito de caminhões, tenha muito cuidado!

 

MINASRIDERS

contato  31 99955-5436

minasridersmtb@gmail.com

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *